domingo, março 08, 2009

A fotografia e a história local.- Breve opinião.


Numa pesquisa ao acervo fotográfico do Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana onde, para além de muitos documentos históricos interessantes, deparei-me com esta belíssima imagem, que para além da sua intenção de documentar a implantação da Cruz de Portugal à entrada da cidade, no local que se crê ser aproximadamente o original, ao invés da sua localização junto à Sé de Silves, onde permaneceu vários anos.
Estes documentos são sem dúvida interessantes portadores de dados para os investigadores, pois contêm informações sobre o estado do monumento à época, é também possível verificar o crescimento urbano, as mudanças da rede viária e até numa análise mais profunda o modo de vida das populações (vestuário, meios de transporte, entre outros.). Por exemplo, é notório se compararmos com a actualidade, a encosta da cidade mais livre de casario. A foto documenta, para além da “nova” implantação da Cruz de Portugal, o castelo que havia alguns anos antes sido alvo de uma profunda intervenção feita pela Direcção Geral de Edifícios e Monumentos Nacionais.
Aquilo que podia também ser um bonito postal de época é/foi acima de tudo uma ferramenta de trabalho para os técnicos da DGEMN e actualmente para os investigadores. A fotografia é um poderoso suporte que merece ser preservado, divulgado e acima de tudo investigado.





Fonte da imagem: Acervo fotográfico do IHRU