terça-feira, maio 15, 2007

A época romana no concelho de Silves- Ideias soltas

Em Pera de Baixo, ou da Armação, onde em tempos antigos era lançada uma armação para a copejação do atum junto à ponta da Galé, só descobri na sua limpida praia os celebres tanques romanos de salga de peixe, e me constou terem apparecido vestigios de grandes construcções, que o areal hoje encobre. (...)

in
: Estácio da Veiga, Antiguidades Monumentais do Algarve. Vol II, Pág. 368

Neste concelho cujo mais recente slogan é "Uma História Interminável" há ainda muito por descobrir e revelar e terá que haver um esforço por parte dos órgãos autárquicos para colocar Silves e todo o seu concelho na rota dos mais variados interesses patrimoniais, libertando-se um pouco da imagem que transporta há anos de cidade medieval ou então de cidade corticeira da 2ª metade do século XIX/inícios do século XX.
Primeiro há que dar ênfase à diversidade verificada um pouco por todo o concelho, desde da pré e proto-história, passando pelos diversos períodos históricos, veja-se o caso do retábulo maneirista da capela-mor da Igreja da Misericórdia de Silves que tanto precisa de atenção, até aos mais recentes factos e registos históricos.
Caso disso é a época romana no concelho que para o público em geral permanece envolta em mistério, e acredito que para muitos investigadores também. Alguns sítios são referenciados e inéditos, carecendo de estudos aprofundados, veja-se o caso do estudo de Jorge Correia, onde foram referidos sítios deste período histórico, ou a presumível via romana recentemente divulgada por Aurélio Cabrita. Mas encontra-se tudo muito esparso e aparentemente sem grande conexão. Existem também sítios como o que é referido no excerto de Estácio da Veiga, acima transcrito, que foram estudados ou referidos há décadas, mas que no entanto não foram alvo de novas leituras e abordagens. Há muito que fazer para que o conhecimento deste período histórico no nosso concelho saia da nuvem de mistério na qual se encontra envolto e se assuma como como mais um ponto de interesse na tal "História Interminável" do Concelho.