sábado, maio 08, 2010

Os workshops de actividades tradicionais enquanto ferramenta de divulgação e preservação.

Durante a feira Ruralidades realizada no início deste mês no espaço da Fissul em Silves tive a oportunidade de realizar duas pequenas sessões práticas de trabalhos tradicionais/artesanais, uma delas a execução de esteiras em cana e tabua, com Ana Silva e José Vitorino e outra de manufactura de uma peça cerâmica em roda de oleiro, esta última uma actividade que há muito tempo pretendia ter oportunidade de tomar contacto. Dei por mim a pensar na importância deste tipo de actividades junto do público para a divulgação do trabalho artesanal de cariz tradicional e preservação das técnicas. A divulgação é um passo importante para a manutenção deste tipo de ofícios, logo a sensibilização junto da população é o primeiro passo a tomar.

A oportunidade dada pela autarquia a estes artesãos para divulgarem o seu trabalho e ao mesmo tempo permitir ao visitante aproximar-se ou tomar contacto com as técnicas centenárias, senão milenares, é algo que tem que ser melhor aproveitado pelos locais e visitantes, proporcionar a realização destes workshops poderá ser o princípio de um processo mais activo de salvaguarda e valorização dos ofícios tradicionais do concelho. Cabe também às associações a tarefa de dinamizar as actividades e a sua divulgação, como é por exemplo o caso da Artexelb, associação da qual pelo menos três monitores dos workshops faziam parte.

O contacto é essencial para despertar a curiosidade do público e também como forma de valorização do produto acabado, logo ao ter a oportunidade de executar temos uma melhor ideia do trabalho e material envolvido na manufactura das peças de artesanato, que não raras vezes é subvalorizado precisamente pelo facto das pessoas não terem a mínima noção de tudo o que envolve o processo produtivo.
A questão da iniciação das camadas mais jovens e não só é também pertinente e quem sabe se através destas actividades de divulgação não se está a abrir a porta a alguém para o mundo dos ofícios tradicionais, ou seja o garante da continuidade dos saberes. Da próxima vez que lhe aparecer uma oportunidade de realizar uma experiência deste tipo não se iniba, aproveite e vai ver que será interessante e instrutivo.